Politica

António Barreto: Presidente da República deve promover reforma no sector da Justiça

O sociólogo António Barreto defende que o Presidente da República deve chamar a Belém os partidos políticos para promover uma reforma profunda no sector da Justiça. 

"Há uma espécie de impotência perante a justiça. Tudo foi tentado e nunca se conseguiu nada de sério e de profundo. Se não for o Presidente da República não vejo quem possa ser", disse, numa entrevista na RTP, António Barreto.

Barreto considera que a Justiça "é o pior que há em Portugal" e tem faltado coragem para fazer mudanças neste sector. "O parlamento tem medo. Os parlamentares sempre tiveram medo da justiça. Não se sabe bem porquê. Talvez se possa desconfiar", disse.

O sociólogo considera que está "tudo a correr bem" a Marcelo Rebelo de Sousa e que o atual Presidente tem condições para ajudar a fazer reformas porque "não está comprometido com nada, nem ninguém".