Sociedade

Família de estudante universitário avança com processo-crime

      

A família do estudante universitário que morreu na sexta-feira no Porto, alegadamente por queda involuntária após uma desavença, vai intentar um processo-crime contra terceiros.

Os indícios recolhidos sobre a morte do estudante universitário sugerem que houve “uma queda involuntária” da própria vítima, disse nesse dia a PJ.