Sociedade

Já são conhecidas as causas da morte do português encontrado morto no Luxemburgo

Diogo Fernandes, o português de 22 anos encontrado morto na quarta-feira em Esch-sur-Alzette, no Luxemburgo, foi vítima de “morte súbita”, revelou a sua irmã.

DR  

Recorde-se que o corpo do jovem português foi encontrado já sem vida no interior de um carro.

Diogo morava em Esch-sur-Alzette, no sul do Luxemburgo, e era natural do distrito de Viseu. O funeral realiza-se no dia 13 de abril, em Esch-sur-Alzette.