Politica

João Semedo compara dirigente do PCP a Pedro Arroja

O ex-coordenador do Bloco de Esquerda João Semedo respondeu hoje às críticas feitas pelo dirigente comunista Jorge Cordeiro ao programa de Marisa Matias, na TVI.

Semedo diz que “ao estilo do célebre Arroja, Jorge Cordeiro, dirigente do PCP, zurziu nas páginas do Avante as opções de programação da TVI, aproveitando mais uma vez para um ataque bilioso e ressabiado contra Marisa Matias, retomando e insistindo nas velhas mentiras do desgastado arsenal a que o seu partido ultimamente recorre e que já não consegue enganar nem convencer seja quem for”.

Num texto chamado “nasceu um novo Pedro Arroja”, o ex-deputado do BE desabafa: “Com tanto corrupto, reacionário e liberal à solta por aí, com tanta direita a exigir duro combate, não há no PCP quem diga ao Jorge Cordeiro para escolher melhor os seus alvos?”.

Jorge Cordeiro, num artigo no jornal oficial do PCP; escreveu que o programa da deputada bloquista “simplesmente Marisa”, que estreou recentemente na TVI, “transporta-nos para os terrenos do folhetim radiofónico que fazia as delícias de um público pouco exigente”