Economia

FMI: Portugal precisa de mais austeridade

Muitos optaram por discursos mais positivos sobre a atual situação económica de Portugal, mas o FMI continua a dar sinais de pessimismo e faz um aviso preocupante: é preciso mais austeridade.

De acordo com o economista do FMI Poul Thomsen, serão “necessárias medidas adicionais para atingir a meta do défice”.

Para o responsável do FMI, "Portugal está a caminhar pelo rumo errado" e existe mesmo um “relaxamento orçamental nos últimos dois anos”. Por isso, para Poul Thomsen é importante perceber que é preciso mais austeridade. Uma situação contrária, na opinião do economista, levará o país “na direção errada”.

O director do departamento europeu do FMI recordou ainda que Portugal “não tem margem orçamental e tem uma dívida elevada".