Sociedade

2050 doentes com hepatite C curados com nova terapia

A presidente da Associação SOS Hepatites, Emília Rodrigues, disse ontem que no espaço de um ano foram evitadas “cerca de 2050 mortes” prematuras de doentes com hepatite C, graças às novas terapêuticas disponibilizadas em Portugal.


“Até este mês de abril, temos cerca de 9100 doentes em tratamento e cerca de 2050 curados”, afirmou Emília Rodrigues. Há doentes que estão a iniciar o tratamento e outros que eventualmente estão curados, mas “só seis meses após a conclusão do tratamento é que se pode ter essa certeza”, adiantou.

O acordo entre o Estado e o laboratório que fornece os medicamentos inovadores para a hepatite C foi formalizado há um ano, tendo sido apresentado pelo então ministro da Saúde, Paulo Macedo, no dia 6 de fevereiro de 2015.

O processo ficou marcado pela intervenção no parlamento de um portador de hepatite C, José Carlos Saldanha, que interrompeu a audição do então ministro da Saúde pedindo-lhe que não o deixasse morrer.

Os comentários estão desactivados.