Vida

Televisão: Daniel Oliveira atacado no Facebook

O apresentador do programa ‘Alta Definição’ e responsável pelo programa SIC Caras Daniel Oliveira está no centro da mais recente polémica no Facebook. Em causa está a resposta a um comentário na página do programa Passadeira Vermelha.

Tudo começou com um problema na emissão do referido programa. A organização prontificou-se a explicar o que se estava a passar através da sua página oficial no Facebook: “Estamos a ultimar todos os esforços para que a emissão da SIC CARAS seja retomada tão breve quanto possível. Estão em fase de resolução as questões técnicas que levaram à interrupção da emissão. As nossas mais sentidas desculpas pelo transtorno causado”.

Uma das seguidoras da página deixou um comentário criticando o facto de serem emitidos episódios gravados. “É isto que dá estarem a passar programas gravados [sic]”, escreveu. Daniel Oliveira decidiu responder à mensagem, num tom que não agradou a vários utilizadores: “Cara Eunice Vasconcelos, mas um programa gravado trata-se de um crime? Já tivemos mais de 500 emissões e aconteceu um problema técnico alheio ao Passadeira Vermelha. E daí que seja gravado? Não percebo o seu comentário, embora talvez seja justificado pelo seu imenso conhecimento das áreas técnicas e tecnológicas da televisão. Com os melhores cumprimentos. Daniel Oliveira”.

Várias pessoas responderam ao responsável da SIC Caras, dizendo que o tom usado era “desnecessário”. “A resposta do Daniel Oliveira, não tanto pelo conteúdo mas sobretudo pela forma, contrasta bastante com os apelos que se fazem neste programa para que o público do programa participe nas redes sociais. pelos vistos o que pretendem não é ter "seguidores", no sentido em que o termo é usado nas redes sociais, mas sim "seguidistas" sem opiniões que vos causem desconforto” e “Caro Daniel Oliveira percebo perfeitamente o que disse não percebo de todo a forma como o disse ! Diria mesmo que ficou a milímetros da má educação!” são alguns dos comentários publicados.

Daniel Oliveira resolveu responder às críticas, dizendo que “o tom e conteúdo da resposta derivou da ironia, desdém e arrogância que a motivou. O programa prestou um esclarecimento precisamente devido ao respeito que os espetadores nos merecem. Fizemo-lo como podem calcular ao mesmo tempo que se tentava resolver uma questão de um canal estar a negro na emissão, uma das situações mais graves que podem acontecer. Nada teve a ver com o facto de o programa ser gravado, mas com uma questão tecnológica que tem a ver com a mudança de sistemas e de instalações que está a ser operada na SIC. O desdém do comentário da espetadora em causa nada tem a ver com a relação canal/espetador, mas com educação e respeito pelo trabalho das pessoas que aqui trabalham, como se um programa gravado fosse menos digno, desse menos trabalho ou não tivesse exatamente de ser desta forma em determinados dias. Enquanto diretor do canal vou continuar a defender as pessoas e as decisões aqui tomadas. Os espetadores merecem-nos o maior respeito, mas creio que todos concordaram que aqueles que não nos respeitam também podem ler uma resposta. Ninguém ficou mais aborrecido com a situação do que eu, como devem calcular. O problema está resolvido e o programa será emitido esta sexta-feira de manhã, estando acessível nos outros dias”.

Algumas pessoas publicaram comentários a dar apoio ao apresentador: "será que depois das explicações dadas pelo Daniel Oliveira, não chega para justificar o acontecido. Existem sempre mais papistas que o papa. Gostando muito ou pouco, não importa, será que não sobrevivem sem um programa, que afinal ficou suspenso por uma falha técnica? Um bom tricot, faz bem aos nervos..." é um deles.