Sociedade

Está a pensar ir às compras amanhã? Talvez não seja boa ideia

Muitas pessoas escolhem o domingo para ir ao supermercado e fazer as compras da semana. Se é o seu caso, talvez seja melhor pensar duas vezes.

Isto porque a Federação Portuguesa dos Sindicatos do Comércio, Escritórios e Serviços (FEPCES) convocou uma greve para amanhã, dia 1 de maio, lê-se no Diário Económico.

Para além de permitir a comemoração do Dia do Trabalhador, esta paralisação pretende não só “o encerramento do comércio no 1º de maio”, mas também a subida dos salários dos trabalhadores e o aumento do número de dias de férias para 25, lê-se no documento de pré-aviso de greve.

Já o Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços de Portugal (CESP) tem emitido pré-aviso de greve para este dia, nos últimos anos, para que os funcionários dos super e hipermercados pudessem usufruir do Dia do Trabalhador. Ainda assim, desde 2011 que as grandes cadeias têm optado por abrir as portas neste feriado.