Economia

Lucros da EDP aumentaram 11% no primeiro trimestre

Os lucros da EDP aumentaram 11% no primeiro trimestre deste ano face ao mesmo período do ano passado, atingindo os 263 milhões de euros.

Este resultado já reflete os impactos não recorrentes tanto dos primeiros três meses de 2015 como dos primeiros três meses deste ano. Caso contrário, os lucros da elétrica portuguesa seriam de 287 milhões de euros entre janeiro e março deste ano, um aumento de 28% face ao período homólogo do ano passado.

O EBITDA aumentou 14% no primeiro trimestre deste ano em termos homólogos, para os 1.130 milhões de euros, o que a empresa justifica com a "expansão do portfolio [carteira]" e com as "condições meteorológicas melhoradas na Ibéria e Brasil", revela em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

No entanto, este crescimento foi influenciado pela venda de ativos de gás em Espanha no primeiro trimestre de 2015 (no valor de 78 milhões de euros) e pela venda da central mini-hídrica do Pantanal no Brasil (em 61 milhões).

O investimento operacional consolidado foi de 233 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano, "em grande parte (54%) dedicado a projetos de expansão, nomeadamente em nova capacidade hídrica e eólica".