Internacional

Cheias obrigam 200 mil pessoas a abandonar capital do Sri Lanka

As chuvas no Sri Lanka provocaram inundações e deslizamentos de terra – 200 mil pessoas foram obrigadas a abandonar a capital, Colombo, através de barcos de borracha ou embarcações precárias.

AP  

Já foram registadas 60 vítimas mortais. As autoridades apelam a que todas pessoas que vivem nas zonas de maior risco deixem as suas casas.

Para além das 200 mil pessoas que saíram de Colombo, outras 400 mil foram obrigadas a fugir para acampamentos de socorro, revela o Centro de Gestão de Desastres.