Politica

Portugueses “sabem como Angola gosta de Portugal”, diz Marcelo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta quinta-feira que "Angola sabe que Portugal é um irmão que olha para a sua pujança, para a sua potência e para o seu futuro com alegria e aposta".

Estas palavras foram proferidas na abertura da Grande Conferência do Jornal de Notícias, no Porto, e dirigidas a Higino Carneiro, governador da província de Luanda e presidente da Assembleia Geral da União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLA).

O general angolano "sabe como Portugal gosta de Angola" e que os portugueses "sabem como Angola gosta de Portugal", afirmou Marcelo.

Presidente atento à descentralização

Marcelo Rebelo de Sousa disse também que vai “estar atento” ao processo de descentralização.

"Estarei atento para verificar se de facto a solução a que se chegar é estável, que caiba na Constituição e que permita funcionar bem", disse aos jornalistas.

Para isso, Marcelo diz que é essencial que fiquem bem definidos os poderes dos presidentes das áreas metropolitanas de Lisboa e do Porto e os das Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR).

"As áreas metropolitanas sobrepõem-se às CCDR que existem? Deixam de pertencer? Que poderes é que têm? Os poderes são repartidos? A resposta a essas questões é muito importante, [assim como] saber qual o estatuto das áreas metropolitanas", afirmou.