Sociedade

Lisboa: Praça de Espanha passa a dois cruzamentos

Esta proposta será discutida amanhã na reunião do executivo camarário

A Praça de Espanha, em Lisboa, vai dar lugar a dois cruzamentos, lê-se no site do Diário de Notícias.

De acordo com o mesmo jornal, um deles será na intersecção entre a Avenida Calouste Gulbenkian, a António Augusto Aguiar, a Avenida de Berna e a Praça de Espanha. O segundo será entre a Avenida Columbano Bordalo Pinheiro, a Avenida dos Combatentes, a Santos Dumont e a Praça de Espanha. Ambos os cruzamentos terão semáforos.

Esta proposta surge num estudo de reordenamento viário da Praça, pedido pela Câmara Municipal de Lisboa à Consultora TIS (Transportes, Inovação e Sistemas), divulgado ontem pela agência Lusa.

O estudo refere que "haverá boas condições de circulação, sem atrasos de relevo" e que a Praça de Espanha vai "receber quatro novas edificações" - três destinadas a serviços e uma quarta com uso misto de habitação, comércio e serviços, explica o Diário de Notícias.

Esta proposta será discutida amanhã na reunião do executivo camarário e o plano será posteriormente submetido a discussão pública.

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, já garantiu que a Praça de Espanha “não vai ser intervencionada neste mandato" autárquico – ou seja, a obra não será concretizada pelo menos até 2017.