Internacional

Menores refugiados são discriminados na Alemanha

Segundo dados do relatório do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF).

Menores refugiados são discriminados na Alemanha

AP  


O relatório da Unicef divulgado esta terça-feira indica que os menores refugiados na Alemanha recebem um tratamento discriminatório associado ao país de origem.

Em causa estão direitos como a proteção, assistência médica e educação que são praticamente inexistentes para estas crianças.

O secretário-geral da Unicef na Alemanha, Christian Schneider, afirmou que “todas as crianças têm os mesmos direitos, independentemente de onde venham, a que comunidae pertençam e em que situação administrativa de residência se encontrem” recorrendo à Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos das Crianças.

Os comentários estão desactivados.