Internacional

Relâmpagos matam pelo menos 79 pessoas na Índia

Autoridades avançam que o número de vítimas pode aumentar.

AP  

Pelo menos 79 pessoas morreram, nos últimos dois dias, atingidas por relâmpagos em várias zonas da Índia.

Cinquenta e três pessoas morreram em Bihar, dez em Jharkhand e pelo menos 16 morreram em Madhya Pradesh.

Contudo as autoridades avançam que o número de vítimas pode aumentar uma vez que continuam a receber informações de várias zonas indianas.

A BBC avança que a maioria das pessoas morreu enquanto trabalhava no campo durante as chuvas torrenciais que ontem afetaram várias zonas do país.

Tempestades e relâmpagos são comuns no país, principalmente entre junho e setembro, a época de moções no país.

Segundo dados oficiais, morrem desde 2005, pelo menos 2000 pessoas por ano atingidas por relâmpagos.