Desporto

Jornal francês chamou "nojento" a Portugal e agora pede desculpas

O jornal "20 minutes" fez uma nota a explicar que não tinha a "intenção de julgar um país ou uma cultura, apenas a equipa em si. Nada mais". Agora, apresenta a seleção portuguesa como uma das candidatas à vitória no Euro.

"Pedimos desculpa se as palavras utilizadas chocaram os leitores". Assim, o jornal francês "20 minutes" começa por pedir desculpa pela notícia em que dizia que o futebol de Portugal era "nojento". E alterou a notícia. 

Na peça original, o jornal considerava que a seleção portuguesa tinha tido uma prestação vergonhosa e fez duras criticas à prestação da equipa neste Campeonato da Europa. 

"Três empates e uma vitória no prolongamento graças ao único remate à baliza. Não estamos a falar do Trélissac [equipa da 3.ª divisão francesa] na Taça de França, mas sim de Portugal neste Europeu", escrevia o jornal.

"Sem mostrar grande coisa, sem brilhar e sem garra contra Islândia (1-1), Áustria (0-0), Hungria (3-3) e agora a Croácia (1-0) nos oitavos de final, a seleção provou é que possível chegar aos quartos de final ao jogar de forma bem nojenta", critica a publicação.

A onda de comentários e indignação cresceu e obrigou a publicação a retratar-se e a pedir desculpas.

"Nunca houve obviamente a intenção de um país ou uma cultura, apenas a equipa em si, nada mais. Por 'nojento', gostaríamos de enfatizar que o jogo da seleção portuguesa foi redutor e chato, embora reconheça-se que foi também o que lhe permitiu superar a Croácia, apresentado-se como um potencial vencedora do Euro 2016."