Sociedade

Autópsia revela causa de morte do bebé encontrado em Santarém

O caso foi denunciado às autoridades pela tia da progenitora

A autópsia feita ao bebé encontrado num local ermo, na circular urbana de Santarém, revelou que o recém-nascido morreu por asfixia num saco de plástico já depois do parto.

Segundo o Correio da Manhã, o crime terá sido cometido pela mãe da criança, de 23 anos, depois do nascimento, tendo esta, em seguida, levado o corpo para o local onde foi descoberto pelos bombeiros. 

A mulher, que tem mais dois filhos, já foi detida pela Polícia Judiciária e está indiciada pela prática dos crimes de homicídio e profanação de cadáver. Terá sido ajudada por uma amiga, que também está a ser investigada pela PJ.

O caso foi denunciado às autoridades pela tia da progenitora, que reportou o desaparecimento da sobrinha e disse ainda recear que o bebé estivesse a ser vítima de maus-tratos.