Desporto

Ronaldo: “Não me falta nada, se terminasse a carreira hoje seria um privilegiado”

O final do jogo foi tempo para desabafos e confissões.

AP  

Rui Patrício:

"Nos penáltis, cada uma tem a sua estratégia. Tentámos dar o nosso melhor. O mais importante é termos conseguido a meia-final. É um prémio para o trabalho de todo o grupo."

"Sabíamos que ir ser um jogo difícil e complicado, mas conseguimos o nosso objetivo. Foi mérito de toda a equipa. Trabalhámos muito para estar nas meias-finais e conseguimos.".

Cristiano Ronaldo:

"Portugal está nas semi-finais, o objetivo foi cumprido, a equipa está toda de parabéns, os treinadores, o ‘staff', Portugal, as pessoas que nos apoiaram aqui em França, mas também em Portugal. Foi uma noite inesquecível. Desta vez ganhámos nos penáltis, marcámos melhor."

"Durante o jogo tivemos algumas oportunidades, não conseguimos concretizar, mas o objetivo foi cumprido."

"É um sonho que se aproxima. Agora, tudo pode acontecer."

"Não me falta nada. Se eu terminasse a carreira hoje, sentir-me-ia um privilegiado, porque a carreira que estou a fazer é um sonho. Obviamente que não escondo que adorava e sonhava ganhar um título pela seleção nacional. Estamos no caminho certo e espero que seja desta vez."

"Agora venha o diabo e escolha. São duas equipas que vão jogar os ‘quartos' e estão bem. O País de Gales tem surpreendido no torneio, tal como a Islândia, enquanto a Bélgica tem mostrado, nos últimos anos, que é uma excelente equipa."
 
João Moutinho:

"Estou aqui para ajudar o grupo como tenho feito em todos os jogos. Tento satisfazer o que o treinador me pede e tenho que dar o meu melhor. Vou continuar assim. Se o treinador assim quiser, vou continuar a ajudar a seleção nacional a atingir os seus objetivos, como aconteceu hoje. Tentei dar o meu melhor nos outros jogos, como tentei dar neste. Felizmente, conseguimos o apuramento e estamos todos de parabéns."

"Todos tínhamos a confiança que podíamos marcar os penáltis e confiança no Rui Patrício que podia defender. Foi com esse espírito que fomos para as grandes penalidades. Tivemos muito bem a bater e tivemos um Rui em grande."