Sociedade

Atenção! Novo radar na A5 dá multa imediata

A rede é composta por mais de 30 radares automáticos que vão circular, aleatoriamente, por 50 locais considerados perigosos.

A partir de hoje é mesmo melhor ter cuidado com o excesso de velocidade. É já esta quarta-feira que é instalado o primeiro radar do Sistema Nacional de Controlo de Velocidade (SINCRO), entre Lisboa e Cascais.

Quem for detetado em excesso de velocidade vai receber a multa em casa. Sem hipóteses de perdão. O secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes explicou à Rádio Renascença o funcionamento do novo sistema: "Quando há uma infração, estes radares comunicam automaticamente para a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, para o sistema SINCRO, que emite de imediato o auto da contraordenação, com respetiva fotografia da viatura e da matrícula e com o certificado de qualidade do radar”

Jorge Gomes adianta que a A5 é “uma das estradas com maior número de sinistralidade no país”, o que justifica a instalação do SINCRO.

Os locais onde vão ser colocados os radares não serão divulgados para que “haja, também, da parte do condutor, alguma expectativa em saber se vai ser fotografado ou não”, segundo Jorge Gomes.

Os radares estão para ficar, pelo menos, até ao final de setembro. Para o Estado o sistema terá um custo de 3,19 milhões de euros