Desporto

As jóias da seleção portuguesa estão à venda

João Mário e André Gomes estão a ser cobiçados por grandes colossos europeus.Nani, Guerreiro e Sanches já têm novo clube.

Talvez seja melhor começar pelos jogadores da seleção nacional que já têm fechadas as suas novas aventuras futebolísticas antes de perceber quem são os outros craques portugueses que estão nas bocas do mundo neste momento.

Renato Sanches, o melhor jogador jovem do Euro emFrança, foi contratado pelo Bayern de Munique aoBenfica por cerca de 35 milhões de euros, ainda antes da competição começar. Depois de se sagrar tricampeão pelo clube da Luz e de se estrear num campeonato da Europa apenas com 18 anos – e ainda conseguir marcar diante da Polónia – o médio português rumou aos bávaros, onde será liderado por Carlos Ancelotti, que elogiou a sua prestação em solo francês.

Nani transferiu-se para o Valência por cerca de 8,5 milhões de euros, deixando a Turquia, onde alinhava pelo Fenerbahçe ao lado de Bruno Alves e Raúl Meireles. É um adeus ao treinador português Vitor Pereira, 47 partidas e 17 golos depois.

Raphael Guerreiro – uma das grandes e boas surpresas na equipa de Portugal – está de malas aviadas para o Borussia Dortmund por 12 milhões de euros, como avançou o jornal francês L’Equipe. Aos 22 anos este é, sem dúvida, o maior desafio da sua carreira: começou noCaen e logo se transferiu para o Lorient há três temporadas. Irá encontrar Sanches e Vieirinha na Alemanha.

Em relação àquilo que se especula sobre a transferência de outros jogadores, João Mário é aquele que mais dúvidas deixa. Os italianos doInter de Milão estão interessados em adquirir o médio português de 23 anos – o valor rondará os 35 milhões de euros, podendo chegar aos 40 milhões de euros mediante o cumprimento de determinados objetivos, o que não bate a cláusula de rescisão (60 milhões de euros). Mas os chineses do Jiangsu Shuning, que compraram 70% do clube italiano este ano, estão a ter dificuldades em fechar o negócio, noticiou A Bola. E porquê?É que o mercado chinês fechou ontem.Ojogador seria depois cedido ao Inter.

Rui Patrício, considerado o melhor guarda-redes deste Euro, também poderá estar pronto para sair. O mesmo jornal português noticiava esta semana que o guardião leonino de 28 anos, titular indiscutível tanto no clube como na seleção das quinas, tinha porém uma exigência: só sairá de Alvalade para um grande emblema europeu, ou seja, Real Madrid, Manchester United ou Barcelona, entenda-se. O contrato que o liga ao Sporting tem vínculo até 2022 e a cláusula de rescisão está fixada nos 45 milhões de euros.

Brunode Carvalho fechou recentemente a porta a uma saída do guardião português. «Queremos que acabe a carreira noSporting.Fazemos uma aposta no plano desportivo, não queremos ofertas.Conhecemos o mercado mas o Rui é muito importante aqui.Tem uma mística especial para o clube.Queremos ser campeões», disse o presidente verde e branco ao jornal espanhol Marca no passado dia 4 de julho.

André Gomes, médio doValência, poderá seguir o caminho contrário ao de Nani. Omais certo é calçar as chuteiras doBarcelona: 40 milhões de euros, ou 30 milhões de euros mais o ex-jogador do Porto Tello, segundo informou o jornal catalãoSport. Mas ainda nada está fechado e este não é o único colosso que quer o internacional português.A imprensa inglesa avançou que o Chelsea teria apresentado uma proposta de 46,8 milhões de euros, que o Valência recusou. A Juventus é outro dos emblemas interessados, isto se venderPogba aoManchester United de José Mourinho, como noticiou a imprensa italiana. Apresentou uma proposta na casa dos 25 milhões de euros.

PakoAyestaran, treinador que substituiu Gary Neville no comando do clube espanhol, disse em maio passado que não quereria ver Gomes a partir. «O clube sabe quais são as minhas preferências, há consenso.O André é um jogador que nos interessa muito e o nosso objetivo é que continue connosco.Conseguir isso é outro assunto», afirmou ao jornal espanhol As.