Politica

TC: PS fala em tristeza do PCP, comunistas em discriminação

PS reconhece que PCP sentiu tristeza por ficar fora do TC. Comunistas sentem-se discriminados, mas asseguram que levam a palavra até ao fim, votando no que é bom para o povo e os trabalhadores

O PCP foi preterido em favor do BE pelo PS no processo de formação da lista dos cinco juízes do Tribunal Constitucional que vão ser eleitos no parlamento amanhã, quarta-feira. Na opinião de um dirigente do PS ouvido pelo i, do lado do PCP “sentiu-se tristeza com a situação”, mas “de modo algum está em causa o acordo firmado em novembro entre os dois partidos e que tem garantido apoio parlamentar ao governo, desde que o mesmo seja cumprido”.

“É um episódio nesta caminhada”, acrescentou a fonte, esclarecendo que o critério utilizado – “tinha de se encontrar um critério” – foi o da representatividade das forças parlamentares. “E assim coube ao BE, como terceira força política parlamentar, indicar um dos três nomes que cabiam ao PS, cabendo ao PSD avançar com os outros dois nomes”, concluiu.

Leia o artigo completo no site do Jornal i