Sociedade

Emigrante português desaparecido há duas semanas

"Ele pode estar morto num canto", diz familiar

DR  


Um emigrante português está desaparecido há duas semanas, lê-se no site do Correio da Manhã (CM).

De acordo com o mesmo jornal, José Alberto dos Santos, emigrante em Bordéus (França) há 14 anos, estava bastante debilitado depois de ter sofrido um AVC, há um mês e meio.

"Ele estava fragilizado e pode ter sido vítima de doença súbita e pode estar morto num canto. Estamos a viver um dia de cada vez. Só queremos notícias. Podem ser boas ou más", disse ao CM um cunhado do homem.

Segundo a mesma fonte, José Alberto dos Santos planeava voltar para Portugal no passado dia 14.  "Ele tinha muita vontade de regressar. Vinha embora com a pensão que recebia, de cerca de 800 euros. No dia em que deveria ter voltado, eu liguei-lhe para o telemóvel, alguém atendeu, mas ninguém falou. Desde esse dia, o telemóvel ficou sempre desligado", explicou o mesmo familiar.

O desaparecimento foi comunicado por um albergue social francês, local para onde foi viver depois de ter sofrido o AVC. A família tenta agora obter informações junto do Ministério dos Negócios Estrangeiros.