Desporto

Király arruma as calças de pijama

O guarda-redes húngaro vai deixar a seleção 

O guarda-redes Gábor Király, de 40 anos, anunciou a sua retirada da seleção húngara, ao serviço da qual disputou 107 partidas oficiais, as últimas das quais durante o Euro2016.

Király, que em França se tornou no primeiro jogador com mais de 40 anos a disputar um Europeu de futebol, anunciou o abandono num comunicado publicado na sua página na internet.

Numa nota emotiva, Király mostrou-se “imensamente agradecido” por tido tantas oportunidades de representar o seu país e por ter conseguido levar a Hungria “ao grande cenário de um Europeu”.

A Hungria, que na fase de grupos empatou 3-3 com Portugal – que viria a conquistar o título – foi afastada da competição nos oitavos de final depois de perder por 4-0 com a Bélgica.

Na próxima época, Király vai continuar a representar o clube húngaro Szombathelyi Haladás, no qual Deu os primeiros passos como profissional.

Gábor Király, que se tornou famoso por jogar com umas calças largas, que lhe valeram o ‘título’ de ‘Pijama Man’, representou, entre outros, os ingleses do Crystal Palace e Aston Villa, e os alemães do Fulham, Hertha Berlín o TSV 1860 Munique.