Economia

Produção automóvel volta a cair em julho

Mais de 94% dos veículos produzidos tem como destino o mercado externo.

A produção automóvel em julho caiu 8,6% face a igual período do ano passado, tendo sido produzidos 14.228 veículos.

Esta evolução negativa foi determinada pela queda homóloga no fabrico de automóveis ligeiros de passageiros (menos 6%) e, sobretudo, de veículos comerciais ligeiros (menos 20,9%), revelam os dados da ACAP. A contrariar esta tendência esteve a produção de veículos comerciais pesados (36,5%).

Deste total, 13397 veículos destinaram-se à exportação, o que representa 94,2% da produção nacional. Só a Europa absorveu mais de 90% das exportações, seguida pela Ásia que registou uma penetração nas exportações nacionais de veículos de 6,6% com a China a dominar a região com 6,1% do total.

Por países, a Alemanha (24,4%) e a Espanha (16,7%) lideraram os nossos principais mercados de exportação nestes sete primeiros meses do ano.

Nos primeiros sete meses de 2016 foram produzidos em Portugal 94391 veículos automóveis, ou seja, menos 8,4% do que no período homólogo do ano anterior. A produção de veículos ligeiros de passageiros é a que tem maior (65804), o que representa uma quebra de 15,5% quando comparado com igual período do ano passado. Até ao final do mês e julho foram produzidos 25967 veículos comerciais ligeiros (mais 13%) e 2620 veículos pesados (mais 18,4%).