Desporto

Brasil perdeu uma das suas medalhas mais queridas

Alemãs conquistaram o ouro e negaram título à seleção da casa no voleibol de praia

Brasil é samba, Rio de Janeiro é praia e por isso uma das modalidades mais queridas pelos brasileiros - e cariocas em particular - é o voleibol de praia. Reis e senhores no seu elemento (quase) natural, a medalha de ouro ter fugido pela Alemanha foi um revés difícil de aceitar para os milhares que encheram o mini-estádio junto à praia.

A dupla alemã composta por Laura Ludwig e Kira Walkenhorst sagrou-se campeã olímpica de voleibol de praia, ao derrotar na final do Rio16 as brasileiras Agatha Bednarczuk e Bárbara Seixas de Freitas, por 2-0.

As germânicas venceram com os parciais de 21-18 e 21-14, em 43 minutos, e deram a primeira medalha ao seu país no voleibol de praia no setor feminino. É uma espécie de maldição para o Brasil, que voltou a não conseguir repetir o ouro conquistado em 1996, na edição em que modalidade integrou pela primeira vez o programa olímpico.

No jogo pelo bronze, a dupla dos EUA formada por Kerri Walsh Jennings, três vezes campeã olímpica, e April Ross bateu as brasileiras Larissa França e Talita Rocha, por 17-21, 21-17 e 15-9.