Economia

Quem são os oito gestores chumbados na Caixa?

O Ministério das Finanças revelou esta quarta-feira que Banco Central Europeu (BCE) aprovou apenas 11 dos 19 nomes propostos para o Conselho de Administração da Caixa Geral de Depósitos. 

Os oito gestores que ficaram de fora excediam o limite de cargos em órgãos sociais de outras sociedades. Iriam ser administradores não executivos mas têm papéis de relevo na gestão executiva de outros grupos. Veja quem ficou de fora:

Leonor Beleza

Foi convidada para vice-presidente da CGD, mas os cargos noutras entidades inviabilizaram essa proposta. Beleza é presidente da fundação Champalimaud.

Ângelo Paupério

É administrador do grupo Sonae. Partilha a liderança com Paulo Azevedo.

Carlos Tavares

É presidente do grupo PSA Peugeot Citroën e já tinha tido cargos de liderança na Renault e na Nissan.

António Costa Silva

É presidente executivo da Partex, a empresa petrolífera detida pela Fundação Gulbenkian.

Paulo Pereira Silva

É o presidente da Renova, que produz papel higiénico e exporta grande parte da produção.

Bernardo Trindade

Antigo secretário de Estado do Turismo de Sócrates. É administrador do grupo hoteleiro Porto Bay.

Rui Lopes Ferreira

É o presidente da cervejeira Unicer

Fernando Guedes

Dirige a Sogrape, empresa de produção de vinhos.