Desporto

Medalha de ouro depois de vencer cancro

Mais uma história de superação nos Jogos Olímpicos do Rio: o velejador mais velho da competição ganhou o ouro um ano depois de ter vencido um cancro do pulmão.

Santiago Lange, de 54 anos, ganhou a medalha de ouro em Nacra 17 com a parceira Cecília Carranza.

Esta foi a sexta participação nos Jogos Olímpicos deste velejador argentino e a primeira medalha de ouro. Logo depois de ter vencido o cancro.

Em abril de 2015, foi-lhe diagnosticado um tumor. Em setembro foi operado em Barcelona, tendo-lhe sido retirado metade do pulmão esquerdo. Cinco dias após a operação, estava de volta ao mar.

Em dezembro apurou-se para os Jogos Olímpicos do Rio sem pensar no pódio e acabou a levar a medalha de ouro.

“Estes Jogos são muito emocionantes para mim”, disse Santi Lange. “A vida é maravilhosa. Tenho o privilégio de ter a família e os amigos que tenho mas principalmente porque faço o que amo”, acrescentou o velejador.