Desporto

As fíguras dos Jogos Olímpicos: Michael Phelps. O tubarão das medalhas

Subiu ao pódio 28 vezes em cinco edições dos Jogos Olímpicos. O ‘tubarão de Baltimore’ despede-se nas piscinas com números nunca antes vistos.

O maior medalhista de todos os tempos deixa o Rio com seis medalhas. Cinco de ouro e uma de prata. No total das olimpíadas arrecadou 23 medalhas de ouro.

A ultima prova disputada pelo nadador norte-americano foram os 4x100 metros livres onde ajudou os Estados Unidos – mais uma vez – a subir ao pódio.

Venceu o ouro nas provas dos 4x200 metros masculinos, 200 metros mariposa, estafetas 4x100 metros e ainda 4x100 metros livre. A prata foi conquistada em mariposa.

Uma edição brilhante de Phelps depois de um ano conturbado onde passou uma noite na cadeia, por condução sob o efeito de álcool, e admitiu ter estado perto do suicídio.

Depois de Londres2012 confessou que o desporto já não lhe dava prazer e a única razão que o fazia continuar era o medo de deixar as águas – que deram (tanto) sentido à sua vida.

Phelps que já se encontra em casa, nos Estados Unidos, confessou as saudades que já sente do Rio e da hospitalidade do povo brasileiro.

“Por melhor que seja estar em casa, já sinto saudades da beleza do Rio e da amabilidade das pessoas. Obrigada Rio por hospedar os Jogos e nos fazer sentir tão bem vindos!!”, escreveu na sua página de Instagram.

Uma despedida grandiosa de Phels da competição.