Politica

Jorge Coelho: Governo criou "a maior das confusões" com imposto sobre o património

Socialista critica o governo por "não ter apresentado esta medida de forma clara" e por ter deixado nas mãos do BE as explicações sobre o novo imposto


O socialista Jorge Coelho criticou a forma como o governo apresentou publicamente o novo imposto sobre o património.

"Nada está explicado. O governo tem de ter muita atenção à estratégia de como apresenta estas coisas", disse o ex-ministro socialista, no programa Quadratura do Círculo, na SIC, alertando que "o facto de não ter apresentado esta medida de forma clara está a criar a maior das confusões".

Jorge Coelho criticou ainda que este imposto tenha sido apresentado pelo Bloco de Esquerda. "Não percebo como é que é o BE que vem apresentar uma medida desta natureza".

Para Jorge Coelho devia ter sido o governo a apresentar o novo imposto e não o deveria tornar público como "uma medida isolada mas inserida na estratégia global das finanças públicas".

O Bloco de Esquerda, pela voz da deputada Mariana Mortágua, foi o primeiro partido a dar a cara pela medida que constará do Orçamento do Estado para 2017. Só depois apareceu o PS a justificar a criação deste imposto.

Os comentários estão desactivados.