Sociedade

PSP deteve três pessoas em buscas a IMT, PSP e Autoridade Rodoviária

A PSP deteve três pessoas, uma delas da polícia, no âmbito de buscas efetuadas a vários organismos públicos por suspeitas de corrupção, falsificação de documentos, falsidade informática e violação de segredo por funcionários, disse ao i o porta-voz da PSP, Hugo Palma.

A investigação decorria há ano em parceria entre a Divisão de Investigação Criminal da PSP entre o Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa.

Há 31 mandados de busca às instalações da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), do Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT), da Divisão de Trânsito da PSP de Lisboa, do Departamento de Gestão Financeira da PSP e da Polícia Municipal de Lisboa, e a residências de alguns suspeitos, adiantou a fonte.
  
O edifício do Instituto da Mobilidade e dos Transportes, na Avenida Elias Garcia, foi encerrado e a maioria dos trabalhadores foi mandada para casa.