Internacional

Espanha. PSOE abre caminho a novo governo de Rajoy

No entanto, Javier Fernández, secretário-geral provisório do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE), fez questão de referir, durante uma conferência de imprensa, que abster-se não significa votar a favor do novo Governo.


O Comité Federal do PSOE decidiu este domingo que o partido deve votar “não” na primeira votação à investidura de Mariano Rajoy e abster-se na segunda.

A decisão foi tomada com 139 votos a favor e 96 contra a abstenção do PSOE a uma nova candidatura do à chefia do Governo de Mariano Rajoy.

Javier Fernández, secretário-geral provisório do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE), fez questão de referir, durante uma conferência de imprensa, que abster-se não significa votar a favor do novo Governo.

O PSOE está muito dividido sobre a decisão tomada. Vários partidários do "não" a Rajoy defendem que apenas 11 deputados devem abster-se, o número mínimo necessário para permitir a tomada de posse do Governo.

Recorde-se que o rei Felipe VI realiza segunda e terça-feira uma ronda de consultas com todos os partidos com assento no parlamento para assim perceber se há condições para apresentar um candidato à investidura.