Vida

O idoso que quer deixar a herança ao seu cão

Uma história para recordar no Dia Mundial da Terceira Idade

Wang Jungwu tem 71 anos e já perdeu a mulher e o filho

Já perdeu a mulher e o filho e quando fala no testamento não tem dúvida. Wang Jungwu, um chinês de 71 anos, quer deixar tudo o que tem ao seu cão, conta o Daily Mail que cita órgãos de comunicação chineses.

Jungwu, a viver em Harbin, na China, vê no seu animal de estimação, a sua maior e melhor companhia, desde há 11 anos. Este ato de paixão pelo seu animal tem como principal objetivo que a pessoa que tomar conta dele, não abdique das funções por falta de meios.

O idoso que já contactou um centro de abrigo para cães em Harbin ofereceu 80 mil yuans, cerca de 10 mil euros, ao responsável pelo canil.

 LiU Li, dono da casa de abrigo, ficou tão emocionado com a história que se ofereceu para cuidar do animal sem aceitar o dinheiro de Jungwu.

Um gesto de amor ou loucura? As opiniões sobre a atitude de Jungwu já se dividem.