Economia

Novos beneficiários da ADSE passam a pagar

Os cônjuges e os filhos de maior idade dos funcionários públicos que no futuro adiram à ADSE irão pagar uma contribuição. Todos os familiares que atualmente beneficiam da mesma mantêm-se isentos. 


Carlos Batista, diretor geral da ADSE, explicou à agência Lusa que os familiares dos novos beneficiários deste subsistema passam a descontar.

No âmbito desta medida, poderão beneficiar os cônjuges dos funcionários públicos, os filhos com ou mais de 18 anos, ou dos 25 anos, caso continuem a estudar, os trabalhadores de determinadas empresas públicas e os trabalhadores com Contrato Individual de Trabalho.

Ainda por definir está o tipo de contribuições - esta poderá ser uma percentagem do vencimento, como é o caso dos 3,5% do ordenado que os funcionários públicos pagam atualmente. Para os pensionistas tudo se mantém igual.