Economia

Galp contesta contas do regulador

A Galp reagiu à estimativa feita pelo regulador dos ganhos com os contratos de gás.

A petrolífera veio dizer que não fazem sentido os ganhos de mil milhões estimados pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos.

Segundo o regulador, a Galp vai obter ganhos de mais de mil milhões de euros com a venda dos excedentes do gás natural comprado à Argélia e à Nigéria entre 2010 e 2026 e geram lucros anuais de 68 milhões de euros em média.