Vida

Obras: Buraco gigante em estrada japonesa é arranjado em dois dias

48 horas após o desabamento ninguém diria que ali inha estado um buraco de 30 metros

Um desabamento de uma estrada na cidade de Fukuoka, no Japão, na semana passada deixou uma cratera de 30 metros de diâmetro e 27 de profundidade.

Uma cratera numa das mais movimentadas estradas de uma cidade, por si só já seria notícia, mas o mais espantoso desta história não é o buraco no chão, mas sim o tempo que demoraram a repará-lo.

Dois dias depois e o buraco tinha sido tapado, o pavimento arranjado. Terça-feira, apenas uma semana depois do desabamento, a circulação de carros tinha sido completamente normalizada. E só não aconteceu antes, porque tiveram de ser realizados testes de segurança.

De acordo com o autarca de Fukuoka, o piso é agora 30 vezes mais forte

As imagens do antes e depois correram mundo, é que não é só cá em Portugal, e mais recentemente na capital, que qualquer obra demora uma eternidade.