Vida

Manuel Luís Goucha defende Cristina Ferreira

"As pessoas são muito injustas em relação à Cristina"

Depois de Cristina Ferreira ter apresentado o seu livro, ‘Sentir’, na passada quarta-feira, vários internautas criticaram a apresentadora. Manuel Luís Goucha abordou o tema no programa ‘Você na TV’, da TVI, e defendeu a colega.

"As pessoas são muito injustas em relação à Cristina, como são em relação às pessoas que aparecem diariamente na televisão porque, sem nos conhecerem, fazem leituras sobre nós que têm muito mais a ver com os sonhos que estão por realizar dessas pessoas, com as frustrações dessas pessoas", afirmou.

"Eu compreendo que as pessoas, muitas vezes, se projetem em nós e, quando veem alguém a conquistar de forma vertical e não de forma horizontal, como eu leio comentários de outras mulheres sobre a Cristina. As mulheres crescem profissionalmente de forma vertical. Há muitas mulheres de sucesso que não se deitaram com quem quer que fosse para triunfarem nas suas áreas profissionais", defendeu o apresentador.

"Quando eu leio comentários, de mulheres para mulheres, do género 'pois, com quem é que ela se terá deitado para ter subido tão rapidamente?'. Não é rapidamente! A Cristina está aqui há 12 anos e este percurso começou a crescer há dois anos. [...] Com quem é que ela se deitou? Com ninguém, garanto-vos eu. É possível, no mundo das mulheres, as mulheres subirem na vertical pelo seu talento e é muito triste quando são as próprias mulheres, numa atitude de desunião da classe, do género, dizerem isto das próprias", referiu.

Manuel Luís Goucha aproveitou para revelar que foi a própria Cristina que escreveu o livro e que ambos já foram abordados para escreverem romances, convites que declinaram por não terem “talento para tal”.