Vida

Estilista de Michelle Obama quer as suas roupas longe de Melania Trump

A estilista, que esteve oito anos ao serviço de Michelle, deverá abandonar a Casa Branca juntamente com os Obama.

DR  


Sophie Theallet, a estilista francesa que tratou do guarda-roupa da ainda atual primeira dama norte-americana Michelle Obama, recusa-se a vestir Melania Trump.

A estilista, que esteve oito anos ao serviço de Michelle, deverá abandonar a Casa Branca juntamente com os Obama.

Na sua conta de Twitter é possível ver uma carta em que a estilista deixa bem claro que quer as suas roupas longe da próxima primeira dama Melania Trump.

"Como alguém que celebra e luta pela diversidade, liberdade individual e respeito por todos os estilos de vida, não vou vestir ou associar-me de alguma forma à próxima primeira-dama. A retórica do racismo, sexismo e xenofobia desencadeada pela campanha presidencial do seu marido é incompatível com os valores pelos quais nós (a marca) nos regemos”, escreveu a estilista.

Sophie Theallet realçou ainda que "Como imigrante neste país, fui abençoada pela oportunidade de perseguir os meus sonhos nos EUA. Vestir a primeira-dama Michelle Obama pelos últimos oito anos tem sido uma honra. Ela fez com que o meu nome fosse reconhecido e respeitado mundialmente".