Economia

Fosun com 16,75% do capital do BCP

A entrada da Fosun no capital do Banco Comercial Português (BCP) vai mesmo concretizar-se. O grupo chinês passa ser o maior accionista do banco, com 16,7% do capital, num negócio de 175 milhões de euros.

O anúncio foi feito pelo BCP em comunicado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) que informa também ter sido decidido apresentar novo pedido de suspensão dos trabalhos da Assembleia-geral da instituição, marcada para amanhã, para continuarem a 19 de Dezembro.

Também em comunicado, a Fosun, que em Portugal já detém a Fidelidade e a Luz Saúde, revela que o acordo é um "um passo importante para a consolidação da estratégia de internacionalização do grupo” e que tem como objetivo “dotar o banco de condições que permitam tirar partido do seu enorme potencial”.

O grupo tem ainda a intenção de  "dotar o banco de condições que permitam tirar partido do seu enorme potencial” e agradece a "enorme determinação da Administração do BCP e o apoio dos acionistas de referência do Banco", ao longo do processo.