Politica

Precários do Estado com solução até outubro de 2017

Feito o levantamento sobre os trabalhadores em situação precária no Estado, o PS assume que o processo para vincular aqueles que desempenham funções de carácter permanente deve acontecer entre março e outubro do próximo ano.

"Temos de março a outubro de 2017 para definir em concreto tudo isso", anunciou esta manhã na Guarda o presidente do PS, Carlos César.

Dentro desse período César explica que deverá arrancar o procedimento de vinculação, sendo previsível que comecem nessa altura a abrir concursos para a entrada nos quadros de precários.

César não quis avançar com números de trabalhadores a recibos verdes e contratos a prazo que poderão passar a ter um vínculo permanente na Administração Pública.

É que, como explicou o líder parlamentar socialista, falta ainda destrinçar entre os que desempenham funções permanentes e aqueles que se justifica que continuem a trabalhar a recibos verdes pela natureza do trabalho que realizam.

"Há que determinar quais são as necessidades permanentes e quais são as outras funções que parecendo sê-lo efetivamente não o são e podem merecer ainda um tipo de contratação atípica", sublinhou Carlos César, em declarações aos jornalistas no segundo dia das jornadas parlamentares do PS na Guarda.