Cultura

Festival do Flamenco traz Tomatito a Lisboa

O guitarrista Tomatito toca em Dezembro em Lisboa, no âmbito do V Festival de Flamenco cujo cartaz inclui o grupo Los Vivancos, a 'bailaora' Matilde Coral e várias 'masterclasses'.

O director artístico do festival, Francisco Carvajal, refere em comunicado a experiência adquirida nas edições anteriores e atesta: «estamos preparados para oferecer os melhores artistas, conferências, ‘masterclasses’ de dança e jornadas gastronómicas».

O V Festival de Flamenco de Lisboa começa no dia 10 de Outubro, no Instituto Cervantes, com a masterclass Enrique Morente, por Francisco Carvajal, que abordará a questão 'Lenguaje y Flamenco'.

No dia seguinte, na Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa, o chef Ángel León orienta uma masterclass sobre cozinha e flamenco. Ángel León detém uma estrela no Guia Michelin de restaurantes.

Neste mesmo dia, à noite, sobe ao tablado do Campo Pequeno, Matilde Coral, 77 anos, a única bailaora distinguida com a 'Llave de Oro del Baile', em 1972. Natural de Sevilha, do bairro de Triana, estudou dança com a própria mãe, Eloisa Albéniz e também com Adelita Domingo e Pastora Império que segundo afirmou à imprensa a «marcou para sempre».

A bailaora, distinguida por duas vezes com o Prémio Nacional de Baile de la Cátedra de Flamencologia, de Jérez de la Frontera e actual directora e coreógrafa do Ballet Escuela de Baile Andaluz, dará ainda uma masterclass de flamenco.

No dia 12, também no Campo Pequeno, apresentam-se os irmãos Los Vivancos que actuaram pela primeira vez em Portugal há cinco anos, no Casino Estoril.

Os irmãos licenciaram-se no Conservatório Profissional de Dança de Barcelona, cada um tomou um rumo diferente, até que decidiram reunir-se em 2006 e apresentar «um projecto de dança com raízes flamencas mas reflectindo as suas experiências», disse à Lusa fonte da organização.

O espectáculo acontece no Dia da Hispanidade e tem «o envolvimento artístico de Daniel Finzi, um dos directores do Cirque du Soleil, apresentando soluções coreográficas e artísticas com números de grande porte e beleza», disse.

Nos dias 11 e 12 de Outubro, o Festival propõe «criar o ambiente da Feira de Sevilha à volta da Praça de Touros do Campo Pequeno, com a instalação de ‘casetas’ ou tendas em que as diferentes municipalidades espanholas apresentarão a sua zona», disse à Lusa fonte da organização.

«A ideia é dar a provar a gastronomia, mas também mostrar o que cada uma tem de melhor num ambiente que recrie a Feira de Sevilha», acrescentou. Esta iniciativa intitula-se Feira dos Sentidos Flamencos.

A primeira parte do Festival termina no dia 12 de Outubro, sendo a segunda totalmente preenchida pelo guitarrista Tomatito que toca no dia 12 de Dezembro no Campo Pequeno, acompanhado por um quinteto de músicos numa homenagem a Camarón de La Isla, cantaor falecido há 20 anos. O espectáculo intitula-se 'Por Camarón'.

Tomatito, 54 anos, natural da cidade andaluza de Almeria, constituiu com Camarón um duo. Há dois anos o músico recebeu um Grammy Latino pelo álbum Somanta suite.

Lusa/SOL