Sociedade

Filho suspeito de encomendar homicídio dos pais

Um homem de 79 anos e uma mulher de 68 anos ficaram gravemente feridos num assalto violento em Vila do Conde, crime que terá sido encomendado pelo próprio filho do casal, concluiu a Polícia Judiciária do Porto.

As vítimas foram agredidas por um indivíduo encapuzado e armado que lhes invadiu a vivenda, na noite de terça-feira, tendo sido roubado dinheiro e ouro. De acordo com o Jornal de Notícias o casal teve de ser hospitalizado devido aos ferimentos.

No decurso da investigação, foram detidos dois homens e uma mulher por suspeita de tentativa de homicídio e roubo agravado.

"Um dos suspeitos, agindo a mando e por encomenda de outro, filho das vítimas, tentou matá-los e ainda se apropriou de dinheiro e objetos em ouro que as mesmas tinham em sua posse no interior da residência", refere a PJ, citada pelo Jornal de Notícias.

O filho terá ‘contratado’ a morte dos pais no princípio do mês “com o objetivo de ficar com a herança, entregando ao outro suspeito executante, como adiantamento, um cheque e dinheiro que transferiu para a cúmplice, namorada deste último".

A Judiciária adianta ainda que "os crimes praticados foram de uma inusitada e despropositada violência, condizente com os objetivos previamente traçados”, ou seja o homicídio dos pais, e que a morte só não ocorreu “por mero acaso, alheio à vontade dos suspeitos", diz a PJ.

Os detidos, com idades entre os 22 e os 47 anos, não têm quaisquer antecedentes criminais.