Desporto

Tragédia. V. Guimarães e Belenenses recordam Caio Júnior

Treinador da Chapecoense jogou em Portugal nas décadas de 80 e 90

Vitória de Guimarães e Belenenses já reagiram às notícias que dão conta da morte de Caio Júnior, avançado que representou os dois emblemas entre os anos oitenta e noventa e que atualmente treinava a Chapecoense. O treinador é, ao que tudo indica, uma das vítimas do avião que caiu ao largo de Medellín na madrugada desta terça-feira.

O antigo avançado brasileiro representou o clube minhoto ao longo de cinco anos, entre 1987/88 e 1991/92, marcando 31 golos em 114 jogos. "Compartilhamos a vossa tristeza neste momento tão difícil, Associação Chapecoense de Futebol", escreveram os vimaranenses na sua página oficial no Facebook, numa mensagem acompanhada por uma fotografia de Caio Júnior quando jogava pelo clube.

Caio Júnior jogou depois no Estrela da Amadora e no Belenenses, com o clube do Restelo a não esquecer essa temporada de 1994/95. "O Belenenses está com todos os envolvidos no acidente aéreo da Associação Chapecoense de Futebol, bem como as suas famílias, adeptos e em especial com Caio Júnior, que envergou a camisola da Cruz de Cristo", escreveu também no Facebook.