Economia

Inflação na zona euro sobe em novembro

A inflação na zona euro subiu de 0,5% em outubro para os 0,6% em novembro, revelou o Eurostat.

De acordo com a estimativa do gabinete de estatísticas da União Europeia foram os serviços que tiveram o maior aumento (1,1%, o mesmo valor de outubro) seguidos da comida, álcool e tabaco (0,7% comparando com os 0,4% do mês anterior).

Já a na energia o valor foi de -1,1%, quando em outubro tinha sido de -0,9%. Excluindo este indicador, o valor da inflação seria de 0,8%.

Os números revelados ontem são proporcionando um pequeno conforto para o Banco Central Europeu (BCE), que tem uma preocupação permanente com a inflação muito baixa no bloco dos países que partilham a moeda única.

Para a contrariar, o BCE  tem a decorrer uma política de estímulos para tentar elevar a inflação para próximo dos 2% e a 8 de Dezembro vai reunir para decidir se a mantém ou não.

A subida da inflação de 0,5% em iutubro para 0,6% em novembro corresponde às expectativas dos analistas consultados pelas agências internacionais. O Eurostat divulga os dados finais a 16 de dezembro.