LifeStyle

Faça o seu bebé dormir em qualquer lado

Não espere que o bebé chegue aos dois ou três anos para dormir com ele fora de casa ou fazer com que ele durma sestas noutro local. 

 

Os pais de hoje gostam de sair, estar com outras pessoas e nem lhes passa pela cabeça fecharem-se em casa porque tiveram um bebé. Por isso não querem que os filhos apenas consigam dormir em casa no seu berço, para poderem viajar e passar fins-de-semana fora. Sugerimos-lhe alguns hábitos para aplicar com as crianças desde cedo para que não fique refém em casa.

A prática faz a perfeição. Não espere que o bebé chegue aos dois ou três anos para dormir com ele fora de casa ou para fazer com que ele durma sestas noutro local. Existem inúmeras opções no mercado para o ajudar na tarefa desde o dia em que traz o bebé para casa. Até aos três meses, pode utilizar uma alcofa das que encaixam nos carrinhos de passeio, possibilitando ao recém-nascido estar numa posição horizontal confortável em qualquer local. Os ovos são cadeiras para o automóvel e não devem ser usados por períodos prolongados. Para dormir num hotel ou na casa de amigos/familiares pode usar a alcofa do carrinho ou malas de maternidade que se abrem e formam um berço. Mais tarde, pode usar camas de viagem ou pedir um berço no momento da reserva do hotel. Muitos bebés gostam também de dormir em slings, panos ou marsúpios quando passeiam. Não faltam opções, o importante é criar o hábito desde muito cedo.

A consistência conta. Os bebés são criaturas de hábitos, por isso não vão queixar-se se dormirem fora de casa desde que mantenham os principais hábitos da sua rotina. Ou seja, se o bebé está habituado a acalmar com uma chucha, um boneco ou fralda, que lhe cantem ou contem uma história antes de adormecer, deve manter todos estes rituais que lhe vão trazer segurança e familiaridade em qualquer lado. A luminosidade também é importante. Se em casa o bebé dorme no escuro, deve tentar escurecer o local. Se está habituado a dormir com uma luz de presença, não o pode deixar às escuras fora de casa. Pode até levar a luz de presença que tem no quarto do bebé em sua casa.

Leve os ‘indutores de sono’ consigo. Calma, não estamos a falar de medicamentos! Estamos a falar dos objectos ou outras estratégias que usa em casa para acalmar o bebé. Os mais usados são aparelhos de ‘ruído branco’, brinquedos musicais, fraldas, etc. O olfacto do bebé é poderoso e os cheiros também lhe trazem segurança. Por isso, trazer os lençóis e mantas de casa também pode ser útil. Quanto mais o bebé se sentir no seu ambiente fora de casa melhor.

Tente manter a rotina. Mesmo fora de casa, tente organizar-se de forma a não mexer muito nos horários do bebé. Tente dar-lhe as refeições à mesma hora que o habitual. Não precisa de estar numa casa ou num restaurante para o fazer. Leve a sopa ou a água de preparar o leite num termo para que não esteja dependente de um local onde possa aquecer a refeição. Assim pode dar o almoço ou lanche em qualquer lado, seja num jardim, na rua ou na praia. Desta forma não vai deixar que o bebé fique irritável com fome e por sua vez com sono ao atrasar todos os seus horários. De barriga cheia, é muito mais fácil que faça as sestas diárias ou durma a noite inteira tranquilamente em qualquer local.