Desporto

Sobrevivente do Chapecoense está a reagir bem aos tratamentos

Dos três sobreviventes do Chapecoense, Jackson Follman, é quem se encontra em melhor estado.

DR  

De acordo com os médicos, o guarda-redes da equipa está numa boa fase da recuperação e tem falado muito com os familiares e médicos.

O jogador deixou uma mensagem emocionante para toda a gente ouvir, de forma a descansar os seus entes queridos e amigos, a falar do seu estado de saúde “estou aqui para mandar um abraço para todo o mundo aí. Dizer que estou bem e que vou sair dessa rápido, está? Que é para todo mundo ficar tranquilo aí. Está tudo tranquilo comigo, beleza? Dessa vez eu passei batido. Valeu, abraço”, avançou o brasileiro à Rede Globo, para o programa Fantástico.

Ainda internado no hospital em Medellin, Follman tem recebido tratamento para que a ferida da amputação fique bem curada. No sábado passado, os médicos revelaram que ele reagiu bem à notícia da perda da perna e mostrou estar bem psicologicamente. Segundo os médicos do hospital, em declarações à imprensa, Jackson afirmou “prefiro a vida à perna”.

Recorde-se que o jogador teve parte da sua perna direita amputada para poder sobreviver aos ferimentos que o acidente lhe causou.

O jogador Neto é o único que ainda continua a depender de ventilação para respirar sozinho e ainda inspira muito cuidados médicos devido ao seu estado de saúde.