Sociedade

Subida dos resultados dos alunos portugueses no PISA está a merecer destaque da imprensa internacional.

Uma subida que coloca Portugal, pela primeira vez, acima da média da OCDE

DR  

Tanto o El País como a britânica Economist dedicaram um artigo aos resultados alcançados pelos alunos portugueses de 15 anos em Ciências, Matemática e Leitura analisados no PISA.

Segundo o estudo internacional PISA, um dos principais estudos internacionais da Educação, realizado pela OCDE, que a cada três anos avaliam a forma como os alunos de 15 anos aplicam os conhecimentos de Ciências, de Matemática e da  Leitura, em situações do dia a dia, Portugal subiu 30 pontos entre 2000 e 2015.

Uma subida que coloca Portugal, pela primeira vez, acima da média da OCDE nas três áreas analisadas pelo estudo, com resultados acima dos conseguidos pelos alunos espanhóis, franceses, italianos ou gregos, por exemplo.

“É o país que mais melhorou” nestes últimos anos, frisam os espanhóis lembrando as medidas tomadas pelo ex-ministro Nuno Crato, como por exemplo, as provas nacionais do 4º ano a Matemática e Português. 

Também a revista britânica Economist sublinha as medidas tomadas pelo ex-ministro referindo a subida “impressionante” de Portugal que têm “melhorado consistentemente” desde 2006.