Economia

Recorde de produção saudita

A Arábia saudita bateu em novembro o recorde de produção de petróleo. O maior exportador do mundo produziu 10,72 milhões de barris de petróleo por dia (bpd) em novembro, um aumento em relação aos 10,625 milhões de bpd em outubro. 

Em julho, a produção do país alcançou os 10,67 milhões de bpd, na altura um novo recorde. O Iraque, por sua vez, revelou que a sua produção oficial de novembro foi de 4,8 milhões de bpd, acima dos 4,776 milhões de bpd de outubro. Já o Kuweit , informou que produziu 2,9 milhões de bpd em novembro, abaixo dos 3 milhões de bpd produzidos em outubro. Os Emirados Árabes Unidos mantiveram seus níveis de extração praticamente estáveis em 3,195 milhões de bpd.  

Todos estes países pertencem à Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), que acordou a 30 de novembro, pela primeira vez desde 2008, uma redução da produção de 33,6 millhões para 32,5 milhões de bpd.

O aumento de novembro significa que a Arábia Saudita, principal produtor da OPEP, terá que redobrar esforços para cumprir com o entendimento que começará a ser implementado em 2017. Os sauditas passarão a produzir 10,058 milhões de bpd.