Economia

Europa. Portugal é dos países com maior disparidade salarial

Portugal está à frente na lista dos países com maior disparidade nos vencimentos dos trabalhadores.

De acordo com os dados do Eurostat, os salários mais altos chegam a ser quatro vezes superiores aos mais baixos.

Em 2014, o salário médio por hora dos trabalhadores que recebiam mais era 4,3 vezes superior à média dos que recebiam menos.

No conjunto da União Europeia, os dados mostram que apenas a Polónia, Roménia e Chipre estão à frente de Portugal no que respeita à disparidade nos salários.

No entanto, há um outro indicador deste relatório que coloca Portugal no primeiro lugar e mostra que, no nosso país, a média dos salários mais altos é 2,8 vezes superior à média de todos os salários praticados no país. Perto de Portugal, surgem países como a Polónia, Chipre, Roménia e Bulgária.

A análise feita pelo Eurostat mostra ainda que, de todos os países da União Europeia, a Polónia é o país que mais sofre com esta realidade (4,7). Já o país onde há menos disparidade é a Suécia (2,1).