Desporto

Cristiano Ronaldo: "Há muitos inocentes na prisão, é assim que me sinto"

CR7 admite mágoa devido aos rumores de evasão fiscal em Espanha

Cristiano Ronaldo rompeu pela primeira vez o silêncio em relação à alegada fuga ao fisco de que é acusado em Espanha.

Em entrevista exclusiva à revista francesa "France Football", depois de ter recebido a quarta Bola de Ouro da sua carreira, o CR7 clamou inocência no caso revelado pelo Football Leaks, onde é acusado de ter dissimulado 150 milhões de euros num paraíso fiscal. "É óbvio que me incomoda, mentiria se dissesse que não e não sou uma pessoa hipócrita. Magoou-me porque renho feito bem as coisas, tenho sido transparente, toda a gente conhece a minha vida. Basta ir à internet e escrever Cristiano Ronaldo", referiu o internacional português.

"Incomoda-me porque não diz apenas respeito a mim, também afeta quem trabalha comigo e a minha família. Quando falam da minha vida privada, dos meus amigos, das minhas férias, se tenho ou não uma noiva, é normal. Mas quando se trata de uma coisa grave como esta, com casos de justiça…magoa e afeta-me. Há muitos inocentes na prisão, é assim que me sinto. Sei que não fiz nada de errado e dizem que fiz. Ninguém pode ficar contente com uma situação destas", salientou Ronaldo.