Sociedade

Alimentação. Informação nutricional mais completa passa a ser obrigatória

Os alimentos vão ser obrigados, a partir desta terça-feira, a conter informação nutricional mais completa do que o normal.


As novas regras exigem maior visibilidade nos rótulos e mais informação sobre alergénicos, entre outras “obrigações”.

O novo regulamento entrou em vigor no dia 13 de dezembro de 2014, mas antevia um regime transitório, até ao dia de hoje, nomeadamente para produtos que não costumavam conter a informação nutricional mais detalhada do que o normal, como é por exemplo, o caso da carne fresca.

Ainda que alguns alimentos já estivessem adaptados às regras desde o ano de 2014, só hoje é que se torna obrigatória a rotulagem sobre a informação nutricional.