Desporto

Taça de Portugal. Leixões afasta Tondela, Chaves elimina Torreense aos 90'+9'

Festa da Taça em Matosinhos... e quase em Torres Vedras

Já há tomba-gigantes nos oitavos de final da Taça de Portugal. Nos dois jogos já realizados nesta quarta-feira, o secundário Leixões eliminou o primodivisionário Tondela (2-1 em Matosinhos) e o Torreense, do Campeonato de Portugal, esteve prestes a levar o Chaves (I Liga) a prolongamento: a equipa de Torres Vedras chegou ao 2-2 em cima do minuto 90, mas um penálti aos 90'+9' acabou por permitir aos flavienses, carrascos do FC Porto na prova, carimbar o triunfo (3-2), seguindo assim en frente.

Em Matosinhos, Chiquinho pôs os homens da casa em vantagem aos 22'. A quatro minutos do intervalo, Erick Moreno empatou para os comandados de Petit, mas logo a abrir a segunda parte (53') Weillington Ferreira voltou a colocar o Leixões na frente. O resultado ficaria inalterado até ao fim do encontro, para gáudio de Daniel Kenedy, antigo internacional português agora ao comando do histórico conjunto nortenho.

Mais emoções fortes em Torres Vedras. O Torreense, que já na última eliminatória havia afastado o Nacional, pôs-se em vantagem aos 35' com golo de Pedro Bonifácio, precisamente o herói na partida com os madeirenses. Perdigão, em cima do intervalo, empatou para o Chaves, com Fábio Martins a consumar a reviravolta aos 59'. Os homens do terceiro escalão ainda tiveram de enfrentar outra contrariedade quando, aos 85', Weliton foi expulso, mas nem assim desistiram - e a recompensa chegou aos 90': um auto-golo de Freire empatou o encontro. Só que a partida prolongou-se por mais de dez minutos depois dos 90, devido a uma lesão do guardião torreense Cléber, e aos 90'+9' David Rosa cometeu grande penalidade na área da casa. Battaglia não enjeitou a ocasião e fez o golo que sentenciou o encontro.